UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

Aires José ROVER, professor

http://infojur.ufsc.br/aires

 

 


BIBLIOGRAFIA [fazer comentário]


Filosofia, sociologia e direito

 

ANDRADE, Olímpio de Sousa. Nabuco e o panamericanismo. São Paulo : Companhia Editora Nacional, 1950, 157 p. (Brasiliana: 270)

........ Joaquim Nabuco e o Brasil na América. 2ª ed. São Paulo : Nacional, 1978, 122 p. (Brasiliana: )

ARANHA, Graça. Machado de Assis e Joaquim Nabuco. Comentá¬rios e notas à correspondência entre estes dois escrito¬res. São Paulo : Monteiro Lobato, 1923, 269 p.

ARANHA, José da Graça. sociedade de cultura artística, con¬ferências 1914-1915. São Paulo : Levi, 1916, p. 201-232: A mocidade heróica de Joaquim Nabuco.

NABUCO DE  ARAÚJO, Maria Carolina.  A vida de Joaquim Nabuco. 4ª ed. Rio de Janeiro : José Olímpio, 1958, 478 p.

....... Conferências sobre Nabuco. Recife : S/E, 1936, 63 p.

NABUCO DE ARAÚJO, Joaquim Aurélio Barreto. A escravidão. Re¬cife : Massangana, 1988, 126 p.

....... Balmaceda. São Paulo : Instituto Progresso Edito¬rial, 1949, (Obras Completas: II)

....... Campanha abolicionista no Recife (1884). Recife : Massangana, 1988, 205 p. (Série Abolição: 8)

....... Campanhas de imprensa(1884-1887). São Paulo : Insti¬tuto Progresso Editorial, 1949, (Obras Completas: XII)

....... Cartas a amigos. São Paulo : Instituto Progresso Editorial, 1949, (Obras Completas: XIII e XIV)

....... Circular aos eleitores do segundo distrito da corte. Rio de Janeiro : 1884.

....... Conferências e discursos abolicionistas. São Paulo : Instituto Progresso Editorial, 1949. (Obras Completas: VII)

....... Discursos e conferências nos Estados Unidos. Tra¬dução por Arthur Bomilcar. Rio de Janeiro : Benjamim Aguila.

....... Discursos parlamentares. Introdução por Gilberto Freyre, Brasília : Câmara dos Deputados, Centro de docu¬mentação e informação, 1983, 525 p.

....... Discursos parlamentares. São Paulo : Instituto Pro¬gresso Editorial, 1949,

 (Obras Completas: XI)

....... Escritos e discursos literários. Rio de Janeiro : Garnier, S/D, 303 p.

....... Escritos literários. São Paulo : Instituto Progresso Editorial, 1949, (Obras Completas: IX)

....... Frontiéres du Brésil et de la Guiana Anglaise. Rio de Janeiro : Ministério das Relações Exteriores, s/d, 14 volumes.

....... La guerra del Paraguay. Organizado por Gonzalo Repa¬raz. Buenos Aires : Belgrano, 1977, 409 p. (Colección La Argentina Histórica)

....... Minha formação. Introdução por Gilberto Freyre. Bra¬sília : Universidade de Brasília, 1963, 260 p.

....... Nacionalização do solo: apreciação da propaganda para abolição do monopólio territorial na Inglaterra. Rio de Janeiro : Lamoureux, 1884, 12 p.

....... Nabuco e a República. Organizado e introduzido por  Leonardo Dantas Silva. Recife : Mas¬sangana, 1990. (Série República: ) P. 1 a 33: O povo e o trono.

....... Nabuco e a República. Organizado e introduzido por  Leonardo Dantas Silva. Recife : Massangana, 1990. (Série República: )  P. 35 a 52: O dever dos monarquistas.

....... O abolicionismo. São Paulo : Instituto Progresso Editorial, 1949. (Obras Completas: VII)

....... O direito do Brasil. São Paulo : Instituto Progresso Editorial, 1949, (Obras Completas: VIII)

....... Pensamentos soltos. Camões e Assuntos Americanos. São Paulo : Instituto Progresso Editorial, 1949, (Obras Completas: X)

....... Pensée détachées et souvenirs. Paris: Hachette, 1906.

....... Porque continuo a ser monarquista. Carta ao diário do commercio. Londres : Abraham Kingdon, 1890, 23 p.

....... sociedade brasileira contra a escravidão. Rio de Ja¬neiro : G. Lauzinger, 1880.

....... Trechos escolhidos. 2ª ed.  Rio de Janeiro : Agir, 1967.  70 p.  (Nossos Clássicos: 28) ....... Um estadista do Império. São Paulo : Instituto Pro¬gresso Editorial, 1949, (Obras Completas: III, IV e V)

....... Um estadista no Império. Rio de Janeiro : H. Gar¬nier, 1897.BARRETO, Dantas. Discursos Acadêmicos. Rio de Janeiro : Ci¬vilização Brasileira, 1935. V.2, p.197-208.

BEIGUELMAN, Paula (Org.). Joaquim Nabuco: Política.  São Paulo : Ática, 1982.  192 p.  (Coleção Grandes Cientistas Sociais, 23).

BELO, José Maria. Joaquim Nabuco. Rui Barbosa. Duas confe¬rências. Rio de Janeiro : Ministério das Relações Exterio¬res, 1949, 42 p.

..... Inteligência do Brasil: ensaios sobre Machado de As¬sis, Joaquim Nabuco, Euclides da Cunha e Rui Barbosa. 2ª ed. São Paulo : Nacional, 1935, 254 p. (Brasiliana: 41)

BRAGA, Osvaldo Melo. Bibliografia de Joaquim Nabuco. Rio de Janeiro : Departamento de Imprensa Nacional, 1952, 265 p. (Coleção BI - Bibliografia: VIII)

COELHO, Henrique. Joaquim Nabuco: Esboço biográfico. São Paulo : Monteiro Lobato, 1922, 214 p.

FREYRE, Gilberto.  Joaquim Nabuco. Rio de Janeiro : José Olímpio, 1948, 47 p.

GOMES, Luiz Souza. Joaquim Nabuco e o panamericanismo. Rio de Janeiro : Imprensa Nacional, 1950, 136 p.

HILTON, Ronald. Joaquim Nabuco e a civilização anglo-ameri¬cana. Rio de Janeiro : Instituto Brasil-Estados Unidos, 1949, 43 p.

LEÃO, Múcio. Joaquim Nabuco. Rio de Janeiro : Agir, 1950, 89 p.

LIRA, Jorge Buarque. Joaquim Nabuco, o homem e a ação. Rio de Janeiro : Aurora, 1950, 206 p.

MENDES, Oscar. Nabuco, Mauriac e Baudelaire. Rio de Janeiro : Ministério da Educação, 1955. p.3-43: Joaquim Nabuco.

NOGUEIRA, Marco Aurélio.  As desventuras do liberalismo : Joaquim Nabuco, a Monarquia e a República. Rio de Janeiro : Paz e Terra, 227p. 1984.

......... Joaquim Nabuco. São Paulo : Brasiliense, 1987. 85 p. (Encanto Radical: 81)

POMPEU, A. Rui e Nabuco. São Paulo : Revista dos Tribunais, 1930, 154 p.

REGO, Alceu Marinho. Nabuco. Rio de Janeiro : José Olímpio, 1951, 144 p.

SOARES, Ubaldo. (Org) Os louros do Brasil a Joaquim Nabuco. Rio de Janeiro : Pongetti, 1949, 238 p.

SOUZA, J. P. Coelho de. Joaquim Nabuco. Porto Alegre : Globo, 1949, 75 p.

VIANA FILHO, Luiz. Rui e Nabuco. Rio de Janeiro : José Olím¬pio, 1949, p: 17-42.

........... A vida de Joaquim Nabuco. São Paulo : Companhia Editora Nacional, 1952, 356 p.

........... A literatura no Brasil. Rio de Janeiro : Sul América, 1959, p. 264-275: Joaquim Nabuco.

VIEIRA, Celso. Joaquim Nabuco, libertador da raça negra. São Paulo : IPÊ, 1949, 309 p. (Coleção Pantheon Brasileiro)

 

ABRANCHES, Dunshee de. O Brasil perante a doutrina monroe. Revista Americana. fevereiro, 1910, N.5, P.181 a 193.

ARARIPE JR. A doutrina monroe. Revista Americana.  janeiro, 1910, N.4, p.60 a 80.

FERNANDES. Aníbal. O pernambucano Joaquim Nabuco. Revista da Academia Paraibana de Letras. III/5, p. 121-150, 1949.

FREITAS, Newton de. Joaquim Nabuco, homem do litoral. Cul¬tura. Rio de Janeiro, I/3, maio-agosto, p. 127-140, 1949.

GALVÃO, Sebastião de Vasconcelos. Esboço biográfico do em¬baixador Joaquim Nabuco de Araújo. Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro. LXXXIV/2, p. 9-177, 1911.

GAMA, Domício da. Joaquim Nabuco. Revista Americana. V.II, Tomo 3, N. 6, março, p. 321-332, 1910.

IGLESIAS, Francisco. Joaquim Nabuco. Kriterion: Revista de filosofia da Universidade de Minas Gerais. Belo Horizonte, II/9-10, Julho-dezembro, p. 427-445, 1949.

LAVALLE, Juan Bautista de. Joaquim Nabuco, orador y publi¬cista. Revista Americana. V.II, Tomo.3, N.6, março, p. 460-466, 1910.

MEDEIROS, Maurício de. Joaquim Nabuco. Estudo psicobiográ¬fico. Revista da Academia Fluminense de Letras. II, maio, 1950, p: 173-184.

MELO, Afonso Bandeira de. Joaquim Nabuco. Mensário do Jornal do Comércio. Rio de Janeiro, t. V, V:2, 1939, p: 357-366.

MENEZES, Geraldo Bezerra de. A visão de Nabuco. Jornal do Brasil, primeiro caderno : opinião, 7.6.91, p 11.

VERÍSSIMO, José. A obra literária de Joaquim Nabuco. Jornal do Comér¬cio. Rio de Janeiro, abril, 1910.

 

ABRANCHES, Dunshee de. Rio Branco e a política exterior do Brasil (1902-1912). V. 2, p. 224, 1945.

ALBUQUERQUE, Manoel Maurício de. Pequena história da for¬mação social brasileira. Rio de Janeiro : Graal, 1981, 728 p.

ALVAREZ, Alejandro. The Monroe Doctrine; its importance in the international life of states of the world. New York : Oxford University Press, 1928, 573 p.

ALVES, Mª Helena Moreira.  Estado e oposição no Brasil (1964-1984). Rio de Janeiro : Vozes 1984.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política. Ensaios sobre literatura e história da cultura. Tradução por S.P.Rouanet, São Paulo : Brasil, 1985 (Obras escolhidas: V 1)

BELLO, José Maria. História da República (1889-1964). 5ª ed. São Paulo : Companhia Editora Nacional, 1964, 426 p.

BOTELHO, A. Roberto de Arruda. Le Brésil et ses relations exterieures. Paris : Mazarines, 1935, 260 p.

BRUNNER, José Joaquim et al.  Alternativas populares en Amé¬rica Latina. San José : Flacso, 1982.

BURNS, Bradford E. A history of Brazil. New york : Columbia University Press, 1970, 449 p.

BURNS, Edward Mcnall. História da civilização ocidental. Tradução por Lourival Gomes Machado e outros. 20ª ed. Globo : Porto Alegre, 1977. V:2, 1052 p.

CARDOSO, Fernando Henrique. Autoritarismo e democratização. 3ª ed. Rio de Janeiro : Paz e Terra, 1975. 240 p.

CARONE, Edgar. A primeira República (1889-1930); texto e contexto. 2ª ed. São Paulo : Difusão Européia do Livro, 1973, 391 p.

CARVALHO, Carlos Delgado de. História diplomática do Brasil. São Paulo : Companhia Editora Nacional, 1959, 409 p.

CARVALHO, José Murilo de. A construção da ordem: a elite po¬lítica imperial. Brasília : UNB, 1981, 202 p. (Coleção Te¬mas Brasileiros:  V. 4)

.......... Os bestializados, o Rio de Janeiro e a República que não foi. 3ª ed. São Paulo : Companhia das Letras, 1987.

CERVO, Amado Luiz & BUENO, Clodoaldo. A política externa brasileira: 1822-1985. São Paulo : Ática, 1986, 95 p.

CHERESKY, Isidoro.  Crise e transformação dos regimes auto¬ritários. São Paulo : Unicamp, 1986.

CHIAVENATTO, José Julio.  Genocídio americano : a guerra do Paraguai. 23ª ed. São Paulo : Brasiliense, 208 p.

COLLIER, David (Org).  O novo autoritarismo na América La¬tina. Rio de Janeiro : Paz e Terra, 1982.

COMBLIM, Pe. Joseph.  A ideologia da segurança nacional: o poder militar na América Latina. Rio de Janeiro : Civil Brasileira, 1977, 246 p.

CONSTANT, Benjamim. Princípios políticos constitucionais. Or¬¬¬ganizado por Aurélio Wander Chaves Bastos. Tradução por Maria do céu Carvalho. Rio de Janeiro : Líber Juris, 1989, 191 p.

COSTA, Cruz. O positivismo na República; notas sobre a his¬tória do positivismo no Brasil. (Brasiliana: 291)

COSTA, João Frank da. Joaquim Nabuco e a política externa do Brasil. Rio de Janeiro : Record, 1968, 324 p.

COUTINHO, Carlos Nelson (Org).  Gramsci e a América Latina. Rio de Janeiro : Paz e Terra, 1985

.......... A democracia como valor universal e outros en¬saios. 2ª ed. Rio de Janeiro : Salamandra, 1984.

COVRE, Maria de Lourdes. (Org)  A cidadania que não temos. São Paulo : Brasiliense, 1986.

CRIPPA, Adolpho. (Org)  As idéias políticas no Brasil. São Paulo : Convívio, V. 2.

DUARTE, Nestor. A ordem privada e a organização política na¬cional. 2ª ed. São Paulo : Nacional, 1966.

DUPUY, René Jean. Le nouveau panaméricanisme; évolution du systéme inter-américan vers le fédéralisme. Paris : A. Pe¬done, 1956, 256 p.

FAORO, Raymundo. Os donos do poder: formação do patronato político. 4ª ed. Porto Alegre : Globo, 1977. 2 V.

FAUSTO, Boris. Pequenos ensaios de história da República: 1889-1945. São Paulo : CEBRAP, 1972, 110 p. (Caderno 10)

FURTADO, Celso. Formação econômica do Brasil. 22ª ed. São Paulo : Companhia Editora Nacional, 1987, 248 p.

GIL, Frederico Guillermo. Latin American-United States rela¬tions. New york : Harcourt Brace Javanovich Inc., 1971,339 p.

HISTÓRIA GERAL DA CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA. 3ª ed. São Paulo : Difel, 1985. t.3: O Brasil republicano, v.2: sociedade e instituições (1889-1930)

.......... 4ª ed. São Paulo : Difel, 1985. t.3: O Brasil republicano, v.1: Estrutura de poder e economia (1889-1930).

HOBSBWM, Eric J. A era do capital (1848-1875). Tradução por Luciano Costa Neto. 3ª ed. Rio de Janeiro : Paz e Terra, 1982, 343 p. (Coleção Pensamento crítico: 12)

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. 21ª ed. Rio de Janeiro : José Olympio, 1989, 158 p.

IANNI, Octavio. A formação do estado populista na América latina. 2ª ed. São Paulo : Ática, 1989. 164 p. (série fun¬damentos: 37)

JAGUARIBE, H. et al. Brasil, reforma ou caos. Rio de Janeiro : Paz e Terra.

JANOTTI, Maria de Lourdes Mônaco. Os subversivos da Repú¬blica. São Paulo : Brasiliense, 1986.

KAPLAN, Marcos t.  Formação do estado nacional na América Latina. Tradução por Lygia M. B. Neves et al. Rio de Ja¬neiro : Eldorado, 329p. 1974.

LEÃO XIII. Encíclica Rerum Novarum. Petrópolis : Vozes, 1980.

LEFORT, Claude. A invenção democrática: os limites do totalitarismo. Tradução por Isabel Maria Loureiro. Sào Paulo : Brasiliense, 1985.

LESSA, Renato. A invenção republicana: Campos Sales, as ba¬ses e a decadência da primeira República brasileira. Rio de Janeiro : IUPERJ, 1988, 173 p.

LOBO, Hélio. O panamericanismo e o Brasil. Rio de Janeiro : Cia editora Nacional, 1939, 150 p. (Brasiliana: 169)

MAIRA, Luiz et al. América latina: novas estratégias de do¬minação. São Paulo : Vozes, 1980.

MANCHESTER, Alan A. British preeminance in Brazil; its rise and decline, a study in European expansion. Chapel Hill : University of North Caroline press, 1933, 371 p.

MARTINS, Ana Luiza. República, um outro olhar. São Paulo : História-Contexto, 1989.

MEDEIROS, Jarbas.  A ideologia autoritária no Brasil. Rio de Janeiro : FGV, 1978.

MILLER, René-Fulop. Leão XIII e o nosso tempo. Tradução por Marina Guaspari. Porto Alegre : Globo, 1936, 179 p.

MORAIS, Evaristo de.  Da Monarquia para a República (1870-1889). 2ª ed. Brasília : UNB, 1985.  131 P. V. 57 (Coleção Temas Brasileiros).

MORSE, Richard M.  O espelho de próspero : cultura e idéias nas américas. Tradução por Paulo Neves, São Paulo : Cia das Letras, 1988.

MOTA, Carlos Guilherme (Org). 1822: dimensões. São Paulo : Perspectiva, 1972, 483 p.

NAPOLEÃO, Aluizio. Rio Branco e as relações entre Brasil e os Estados Unidos. Rio de Janeiro : MRE, 1947.

NEDER, Gislene. Os compromissos conservadores do liberalismo no Brasil. Rio de Janeiro : ACHIAMÉ/SOCCI.

OLIVEIRA, Pedro A. R. de. Religião e dominação de classe: gênese, estrutura e função do catolicismo romano no Bra¬sil. Rio de Janeiro : Vozes, 1985.

PRADO JR, Caio. Evolução política do Brasil: colônia e Impé¬rio. 18ª ed. São Paulo : Brasiliense, 103 p.

PRADO, Eduardo. A ilusão americana. 5ª ed. São Paulo : IBRASA, 1980.

QUEILLE, Pierr. L'Amérique Latine, la Doctrine Monroe, et le panaméricanisme. Paris : Pyot, 1969, 287 p.

RIBEIRO, Darcy. Aos trancos e barrancos: como o Brasil deu no que deu. Rio de Janeiro : Guanabara, 1985.

RIO BRANCO, Barão do. (José Maria da Silva Paranhos) Brasil e os USA. Rio de Janeiro : s.e, 1930, 65 p

........... Mémoire sur la question de la frontiére: Brésil et guiana anglaise. Rio de Janeiro : Ministério das Re¬lações Exteriores, s/d.

RODRIGUES, José Honório. Interesse nacional e política ex¬terna. Rio de Janeiro : Civilização Brasileira, 1966, 232 p. (Coleção Retratos do Brasil: 46)

RODRIGUES, José Honório.Conciliação e reforma no Brasil; um desafio histórico-cultural. 2ª ed. Rio de Janeiro : Nova Fronteira, 1982, 271 p. (Coleção Logos)

ROUQUIÉ, Alain et al.  Como renascem as democracias. São Paulo : Brasiliense, 1985.

ROUQUIE, Alain. Amérique Latine; introduction à l'extrême occident. Paris : Seuil, 1989, 438 p.

SANTOS, Wanderley Guilherme dos. Brasil, sociedade, democra¬cia. : José Olímpio, 1985.

SCHWARTZ, Stuart B. Burocracia e sociedade no Brasil colo¬nial: A suprema corte da Bahia e seus juízes. 1609-1751. São Paulo : Perspectiva, 1979.

SCHWARTZMAN, Simon.  Bases do autoritarismo brasileiro. Rio de Janeiro : Campus, 1982.

SCOTT, James Brown. The international conferences of Ameri¬can States, 1889-1928. New York : Oxford University Press, 1931, 551 p.

SODRÉ, Nelson Werneck.  História da imprensa no Brasil. 3ª ed. São Paulo : Martins Fontes, 1983.

SOUZA, José Antônio Soares de. Um diplomata do Império: Barão da Ponte Ribeiro. (Brasiliana: 273)

SOUZA, Maria do Carmo Campelo de. Estado e partidos políti¬cos no Brasil - 1930 a 1964. 2ª ed. São Paulo : Alfa-Ômega, 1983, 178 p.

TRINDADE, Antônio Augusto Cançado. Repertório da prática brasileira do direito internacional público. V. I e II, Brasília : Fundação A. de Gusmão.

URICOECHEA. O minotauro imperial: a burocratização do estado patrimonial brasileiro no século XIX. Rio de Janeiro : Di¬fel, s/d, 332 p.

VIANNA, Hélio. História diplomática do Brasil. São Paulo : Melhoramentos, s.d. 211 p.

WEFFORT, Francisco.  Por que democracia? 4ª ed. São Paulo : Brasiliense, l986.

........ O populismo na política brasileira. 3ª ed. Rio de Janeiro : Paz e Terra, 1980. 181 p.

 

ASSIS BARBOSA, Francisco de. Flutuações do panamericanismo. Revista do Instituto Histórico e geográfico Brasileiro. V. 263, Abr-jun, p. 94-128, 1964.

BRUNNER, José Joaquim. La concepción autoritária del mundo.  Revista Mexi¬cana de sociologia. N.3, jul/set, 1980.

CARDOSO, Fernando Henrique. La sociedad y el estado. Revista de economia política. Nº 5, enero,junio, 1984.

CONNEL-SMITH, Gordon. Latin America in the foreign relations of the United States. Journal of Latin American Studies.

DELICH, Francisco. Teoria política en situaciones de dicta¬duras. Crítica y utopia. N.8, 1982.

GANZERT, Frederic William. The Baron do Rio Branco, Joaquim Nabuco, and the growth of Brazilian-American friendship. The Hispanic American Historical Rewiew. V. 22, N. 3, P. 432-51, 1942.

GOMES, José Maria. A resposta da sociedade: a luta pelos di¬reitos humanos no cone sul.  Dados, revista de ciências sociais. Rio de Janeiro : N: 3, 1985.

LACOMBE, Américo Jacobina. O Panamericanismo. Revista do Instituto Histórico e geográfico Brasileiro. V.251, Abr-jun, P. 193-210, 196.

MARTINS, Luciano. De la non-démocratie en Amérique Latine.  Esprit: Amériques Latines à la une, Paris, v.10, n.82, p.97-104, oct, 1983.

........ Expansão e crise do estado; reflexões sobre o caso brasileiro.  Revista de economia política. Pensamento Ibero Americano. 5ª ed.

MORAES CORREA, Oswaldo. Rio Branco e a política exterior do Brasil. Revista do Instituto Histórico e geográfico Brasi¬leiro. V. 187, Abr-jun, P. 163-71, 1945.

OLIVEIRA, Antônio Camilo de. O panamericanismo. Revista do Instituto Histórico e geográfico Brasileiro. V. 259, abr-jun, p. 114-33, 1963.

PAIVA LEITE, Cléanto de. Constantes et variables de la poli¬tique étrangére du Brésil. Politique Etrangére. n. 1, p. 33-55, 1969.

PAZ, Octávio. L' Amérique Latine et la démocratie. Esprit: Amériques Latines à la une, Paris, v.10, n.82, p.12-32, oct, 1983.

REIS, Elisa Maria Pereira. Elites agrárias, state building e autoritarismo.  Dados, revista de ciências sociais. Rio de Janeiro : IUPERJ, n.3, 1982.

RIO BRANCO, Miguel do. Panamericanismo; alguns marcos de sua evolução. The Hispanic American Historical Rewiew. V. 292, jul-set, p.190-200, 1971.

ROCHA, Leonel Severo. Loi et liberté: la pensée politique de Rui Barbosa. Tese de doutorado, Paris : EHESS, 13 01 89.

RODRIGUES, José Honório. The foundations of Brazil's foreign policy. International Affairs. V. 34, n. 4, p. 324-338.

ROVER, Aires José. A preponderância da sociedade política no período populista brasileiro. Seqüência: estudos jurídicos e políticos. Florianópolis : UFSC, N.20, junho, 1990. p. 94-109.

SALDANHA, Nelson. Rui Barbosa e o bacharelismo liberal. As idéias políticas no Brasil. São Paulo : Convívio, V. 1, 1979. p. 163-192.

SOUZA LEÃO F, Joaquim de. Dia panamericano; a tácita aliança constante de uma política continental. Revista do Insti¬tuto Histórico e geográfico Brasileiro. V. 279, abr-jun, p.149-60, 1968.

TEIXEIRA SOARES, A. O Barão do Rio Branco e a diplomacia brasileira. Revista do Instituto Histórico e geográfico Brasileiro. V. 187, abr-jun, p. 175-85, 1945.